A quem interessar possa - passo o ponto

Quinta-feira , 22 de Abril

AAAH! Aviso importante a todos: eu comecei um outro blog com uma amiga minha, que é o NÓS SOMOS PODRES. E ele está de volta. Passem lá. Por favor. Imploro!!! E o blog da amiga é o MÃO BOBA. Passem lá também. Ok??
Escrito por Giu às 12h49 AM
[] [envie esta mensagem]


Terça-feira , 20 de Abril

Bosta. Bosta. Mil vezes bosta. Merda de vida. Isto era tudo que passava na cabeça, normalmente criativa de Edwin. Nome alemão numa porra de um país tropical. O calor era infernal, o suor escorria pela bunda e empapava a cadeira às três da manhã de um fim de semana qualquer.

A janela aberta deixava entrar um bafo quente vindo da avenida cimentada logo abaixo. Deixava entrar também o ronco suave dos aparelhos de ar-condicionado. E Edwin pensava, merda, merda, e rodava o cigarro na ponta dos dedos amarelados.

No chão, um montinho de roupas amassadas, suas calças, a camisa verde-água que evidenciava a cor amarelo-escritório da pele de Edwin. E uma calcinha vermelha, uns babadinhos sintéticos meio rasgados, os fundilhos meio sujos. Um par de sandálias altas de plástico transparente no chão da sala, que Edwin via pela porta entreaberta. Seus sapatos de escritório.

O lençol da cama estava jogado para um dos lados, e por cima dele uma perna de mulher, que Edwin notava agora, não estava bem depilada. Edwin levantou-se da escrivaninha, ainda com o cigarro nos dedos, e sentou-se na cama, ao lado da mulher.

Não era bonita, muito menos linda, e não tinha a pele clara e sedosa como deveria ser, se este fosse um conto romântico. Mas o conto não é romântico, e Edwin não amava aquela mulher com uma grande espinha perto da aba esquerda do nariz.

Tampouco amava os cabelos louros, que ele imaginava serem tingidos. E já odiava as raízes horrivelmente enroladinhas dos cabelos que, no inicio da noite, eram totalmente lisos. Tocou a ponta de uma mecha que caía por cima do ombro nu da mulher e sentiu um pouco de asco.

Ela não parecia um anjo. Dormia com os olhos entreabertos, parecendo espiona-lo. A boca também estava aberta, e emitira um ronco baixo que eu poderia chamar de ressonar. Chamaria, se junto com ele não viesse um fio de baba que já formara uma mancha do tamanho de uma moeda  na fronha branca do travesseiro.

Edwin olhou-a mais de perto, sentiu o cheiro do suor misturado ao do perfume barato. Edwin olhou de soslaio para o travesseiro caído no chão ao lado da cama. Tocou a pele macilenta da bochecha dela e beijou-lhe a boca, já fria. A mão, com as longas unhas vermelho-sangue, estavam crispadas. Mas já era tarde.

Edwin levantou-se, vestiu as calças, sacudiu a camisa com força, tentando dar a ela uma aparência mais aceitável e sentou-se no sofá da sala. Olhando para o quarto pela porta entreaberta, conseguia vislumbrar da mulher, somente o braço, que caíra, inerte e sem vida, para o lado da cama. Chutou as sandálias transparentes e bateu a porta.

 

 

Giuliana Alonso  -  vinte de abril de 2004, 16:13 horas


Escrito por Giu às 11h38 PM
[] [envie esta mensagem]


Domingo , 18 de Abril

Duas coisas que odeio e uma que adoro - TECNOLOGIA!

ODEIO - Ver que o sistema do UOL está fora do ar. Eu entro, toda esperançosa, louca pra ver os comentários, e  me aparece a terrível mensagem de "Sistema indisponível, tente mais tarde". Grrrrrr!!! òó'

ODEIO - Quando você está fazendo qualquer coisa no computador e dá erro, "Este programa executou uma operação ilegal e será fechado". É claro que você não salvou nada, e que aquela era a obra da sua vida, e mais óbvio ainda é que você vai ter vontade de jogar o computador pela janela.

ADORO - Chegar aqui e ver vários comentários, sejam conselhos de blogueiros já amigos ou um primeiro comentário de um recém-chegado, dizendo que gostou e que vai voltar... Mais legal ainda é quando eu vejo que alguém de um blog famoso (rarara...) passou por aqui... Eu me sinto em um grande círculo de amizade, rs... Beijos, amo vocês!


Escrito por Giu às 12h02 AM
[] [envie esta mensagem]



[ ver mensagens anteriores ]
 
 
 
       
   



BRASIL, Mulher







Histórico
  25/07/2004 a 31/07/2004
  04/07/2004 a 10/07/2004
  20/06/2004 a 26/06/2004
  13/06/2004 a 19/06/2004
  06/06/2004 a 12/06/2004
  23/05/2004 a 29/05/2004
  16/05/2004 a 22/05/2004
  09/05/2004 a 15/05/2004
  02/05/2004 a 08/05/2004
  25/04/2004 a 01/05/2004
  18/04/2004 a 24/04/2004
  11/04/2004 a 17/04/2004
  04/04/2004 a 10/04/2004
  28/03/2004 a 03/04/2004
  21/03/2004 a 27/03/2004
  14/03/2004 a 20/03/2004
  07/03/2004 a 13/03/2004
  29/02/2004 a 06/03/2004
  22/02/2004 a 28/02/2004
  15/02/2004 a 21/02/2004
  08/02/2004 a 14/02/2004
  01/02/2004 a 07/02/2004
  25/01/2004 a 31/01/2004
  18/01/2004 a 24/01/2004



OUTROS SITES
    Bebelo Roxo
  Blog de Deus
  Capitania
  Catarro Verde
  Danjel
  Defenestrando o inútil
  Depois dos vinte
  Dezessete do oito
  Eu diria que...
  John Paul
  Literalmente
  Mão Boba
  Parmalat mas não morde
  Plástico Bolha
  Pseudo-Epifanias
  Simulacro de Análise
  StuffBox
  War Fare State - Felipe UFF